Varejo recua 6,8% em 12 meses e tem a maior queda desde 2001

A vendas do comércio varejista brasileiro registraram a quarta queda seguida. No mês de outubro, em relação a setembro, o recuo foi de 0,8%, segundo informou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta terça-feira (13). No ano, o setor acumula queda de 6,7% e, nos últimos 12 meses, de 6,8% – o recuo mais intenso deste indicador desde 2001. A receita nominal de vendas recuou 0,5% frente a setembro, na mesma comparação, acumulando alta de 4,8% no ano e de 4,3% nos últimos 12 meses.

Já na comparação anual, o comércio teve baixa de 8,2%, com predomínio de resultados negativos. O que mais influenciou a taxa do comércio foi o segmento de hipermercados, supermercados, produtos alimentícios, bebidas e fumo, que recuou 6,5%.