População vai eleger marca para Brasília

Foi lançado na noite desta terça-feira (19), na sala VIP do Aeroporto Juscelino Kubitschek, o concurso cultural Marca Brasília. A iniciativa, capitaneada pela Fecomércio, por meio de sua Câmara de Turismo e Hospitalidade, e por outros parceiros, como veículos de comunicação, universidades, Sebrae e agências de publicidade, tem por objetivo desenvolver uma identidade visual que represente de forma positiva a capital da República, e assim, ajude a aumentar a promoção da cidade e fortalecer o turismo local. O projeto não tem fins lucrativos ou políticos. Durante a cerimônia, foi apresentado o site www.marcabrasilia.com.br, com o edital e as formas de participação no concurso.

18-04-2017-Adelmir lancamento do marca brasilia-42

O presidente da Fecomércio, Adelmir Santana, destacou que a ideia é criar uma marca duradoura, pertencente a sociedade brasiliense e que represente o verdadeiro sentimento de quem visita ou mora em Brasília. “Esse concurso tem um significado muito importante. Queremos que surja uma marca que represente a nossa cidade além da Esplanada dos Ministérios ou da política”, disse Adelmir. “Estamos envolvendo as entidades produtivas, as universidades, os jovens e queremos envolver toda a população neste processo da criação e escolha da marca”, destacou.  O vencedor receberá como prêmio o valor de R$ 20 mil, que será entregue na cerimônia de premiação, que será realizada no dia 8 de novembro de 2017.

 O secretário-adjunto de Turismo, Jaime Recena, esteve presente no lançamento do projeto e avaliou a iniciativa como importante para desmistificar os preconceitos existentes relacionados a Brasília. “Somos o terceiro polo gastronômico do País, temos mais de 70 parques urbanos no DF, entre eles o segundo maior do Brasil e também somos considerados patrimônio cultural da humanidade. Temos enormes qualidades e precisamos mostrar isso aos visitantes”, ressaltou Recena. “Hoje, o mercado do turismo é cada vez mais competitivo, algumas cidades se destacam por já terem uma marca que as represente. Por isso, acredito que com a criação de uma marca para a nossa cidade todos sairemos vitoriosos”, afirmou.

O presidente do Conselho Deliberativo do Sebrae no Distrito Federal, Luis Afonso Bermudez, afirmou que o lançamento de uma marca para a cidade engrandecerá o turismo local. “Não poderia ter um lugar melhor para lançar esse projeto do que no aeroporto de Brasília, a porta de entrada e de saída de nossa cidade. Com isso, vamos fazer com que o turismo de Brasília vá para frente e que Brasília tenha um representatividade por meio desta marca”, disse.

A presidente da Associação dos Dirigentes de Vendas e Marketing do DF (ADVB/DF), Cláudia Maldonado, apresentou aos presentes na sala Vip do aeroporto como funcionará o projeto Marca Brasília. Durante sua explicação, Cláudia destacou que destinos turísticos consolidados no Brasil e no mundo tem uma imagem própria. Brasília precisa seguir esse caminho. “De um concurso nacional de arquitetura nasceu o Plano Piloto da capital Federal. Nada mais justo do que a marca da cidade ser escolhida pela população, por meio de um concurso”, destacou.

Concurso

O concurso será aberto a qualquer cidadão que atender o edital técnico de participação, respeitando períodos e fases. Os interessados poderão enviar a sua sugestão de marca entre o período de 18 de maio e 18 de junho.  No final, depois de passar por um crivo técnico, as marcas finalistas serão escolhidas pela própria sociedade, por meio de votação popular. Tudo isso visando proporcionar os sentimentos de pertencimento, orgulho e identidade para o brasiliense, além de fortalecer o turismo local. Depois de eleita, a utilização da logo será gratuita, condicionada a um manual de boa utilização, sob a guarda das entidades realizadoras.

Como participar

Poderão participar, com propostas individuais, pessoas físicas, maiores de 18 anos, profissionais ou não, brasileiras ou naturalizadas, com residência e domicílio no País. A marca poderá ser usada por empresas públicas e privadas, mediante licenciamento gratuito, podendo ser aplicada em materiais de divulgação e promoção de qualquer natureza, em produtos e serviços, e em qualquer meio de divulgação e mídia.

O logotipo, que será a representação simbólica da cidade, poderá ser expresso por meio de signo, símbolo ou ícone que permita identificar a cidade de modo imediato, despertando interesse na sua identidade e qualidades. Não poderá conter imagens protegidas por direitos autorais, nem fazer alusão à política, raça, credo e ideologias, e deve ter boa aplicabilidade.

O candidato deverá submeter à proposta de marca pelo site www.marcabrasilia.com.br em um único arquivo, em formato digital, vetorial e na extensão PDF, com a identificação do número completo do seu CPF sem pontos ou traços no arquivo. Após o recebimento e validação das informações da proposta será gerado automaticamente um código de identificação e enviada a confirmação da inscrição para o email cadastrado pelo candidato.

Parceiros do projeto

Agência Terruá; Arcos Comunicação; Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel); Associação dos Dirigentes de Vendas do Brasil (ADVB); Associação dos Dirigentes de Vendas e Marketing do Brasil (ABIH); Centro Universitário Estácio; Correio Braziliense; Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Distrito Federal (Fecomércio-DF); Fundação Assis Chateaubriand; IESB; LS Educacional; Sindicato das Empresas de Turismo (Sindetur); Sindicato das Empresas de Promoção, Organização, Produção e Montagem de Feiras e Eventos (Sindeventos-DF); Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae-DF); Sindicato dos Hotéis, Bares e Restaurantes (Sindhobar-DF); Strauss Comunicação;  Upis, UCB, UDF, UniCeub, Unieuro, Unopar; e Uniprojeção.