Planejar Brasília

por acm

Ao longo de 52 anos de existência, foram poucos os governos que planejaram Brasília para o futuro. O crescimento desordenado trouxe sérias consequências para a capital, que em outros tempos já foi exemplo de qualidade de vida e de organização. Insegurança, falta de conservação e desemprego são apenas alguns dos problemas. Com a partida de Oscar Niemeyer, o homem que traçou com maestria nossa capital, a beleza de Brasília voltou a estampar os jornais e as telas da TV. E nada mais oportuno do que perguntar: qual será o legado que vamos deixar para as próximas gerações? Será que a tranquilidade e a prosperidade de Brasília existirão apenas em lembranças nostálgicas?

Ressalto que a despeito da situação atual da nossa cidade, surgiram boas iniciativas para reverter esse quadro. Além da Federação do Comércio, que se dedica a debater mensalmente o modelo de desenvolvimento econômico adotado no DF, com a realização de um ciclo de palestras chamado Brasília 2015, outras entidades se mobilizaram para discutir a mesma questão, como a própria Companhia de Planejamento do Distrito Federal (Codeplan), que realizou um seminário no final de 2012. A conclusão inicial a que os especialistas chegaram é que um dos principais entraves é a falta de investimento nas cidades ao redor do DF, o que leva à grande concentração de empregos na capital federal.

Precisamos discutir mais e pensar no planejamento de Brasília. Com a mobilização da sociedade, conseguiremos chegar a mudanças efetivas que evitarão o colapso e o caos. O DF tem potencial para atender a todos, de forma democrática e igualitária e pode ser destaque não apenas por seu projeto arquitetônico de vanguarda, mas por ser uma terra de oportunidades, onde todos têm espaço para viver e crescer com qualidade e segurança. Fomos destinados a ser um exemplo para a nação e não podemos deixar que os sonhos daqueles que concretizaram a nova capital sejam perdidos por falta de planejamento.

Adelmir Santana – Presidente do Sistema Fecomercio-DF

Brasília, 21 de janeiro de 2013

Publicado originalmente no Jornal de Brasília 14/01/2012

Olá! O nosso site usa cookies e, portanto, coleta informações sobre sua visita para melhorar nosso site. Por favor, consulte nossa página de Política de Cookies e Política de Privacidade para mais detalhes ou concorde clicando no botão 'Aceitar'.

Configurações de cookies

A seguir, você pode escolher quais tipos de cookies permitem neste site. Clique no botão "Salvar configurações de cookies" para aplicar sua escolha.

FunctionalNosso site usa cookies funcionais. Esses cookies são necessários para permitir que nosso site funcione.

AnalyticalNosso site usa cookies analíticos para permitir a análise de nosso site e a otimização para o propósito de usabilidade.

Social mediaNosso site coloca cookies de mídia social para mostrar conteúdo de terceiros, como YouTube e Facebook. Esses cookies podem rastrear seus dados pessoais.

AdvertisingNosso site coloca cookies de publicidade para mostrar anúncios de terceiros com base em seus interesses. Esses cookies podem rastrear seus dados pessoais.

OtherNosso site coloca cookies de terceiros de outros serviços de terceiros que não são analíticos, mídia social ou publicidade.