Intenção de consumo das famílias brasilienses tem alta em janeiro

O índice que mede a Intenção de Consumo das Famílias do Distrito Federal (ICF-DF) teve alta de 2 pontos em janeiro de 2017 na comparação com dezembro do ano passado, fixando-se em 93,1 pontos. É o que mostra pesquisa divulgada pela Fecomércio. Mesmo assim, o número permanece abaixo da zona de indiferença, de 100 pontos, o que denota pessimismo.

icf

O presidente da Fecomércio, Adelmir Santana, lembra que janeiro é um mês que as famílias brasilienses têm muitas despesas relacionadas à educação e por isso cresce a intenção de consumo nestes primeiros meses do ano. “As famílias que residem no Distrito Federal estão confiantes para comprar, pois a inflação, apesar de alta, mostra valores menores do que nos anos anteriores e com tendência de queda”, aponta Adelmir. Segundo ele, a economia do DF dá fortes indícios que tende a se recuperar no segundo semestre de 2017.

O levantamento mostra ainda que 72,2% dos trabalhadores se sentem mais seguros em relação ao emprego e 40,6% tem perspectiva profissional positiva para os próximos meses. Ainda de acordo com o estudo, 54% dos entrevistados afirmam que a situação da renda familiar está melhor do que no mesmo período do ano passado.