Líderes da Câmara de Tecnologia da Fecomércio reivindicam maior participação de micro e pequenas empresas nas políticas públicas do DF

Componentes da Câmara de Tecnologia da Informação e Comunicação da Fecomércio-DF e do Sindicato das Empresas de Serviços de Informática do Distrito Federal (Sindesei-DF) estiveram reunidos na terça-feira (28), no Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão. Durante o encontro, os integrantes da Câmara e do Sindesei solicitaram à pasta uma maior participação nos editais e licitações do governo para os micro e pequenos empresários.

Reuniao ministerio do planejamento-3

De acordo com o presidente da Câmara de TIC da Fecomércio-DF, Marco Tulio Chaparro, o objetivo da reunião foi solicitar espaço e participação ativa dos empresários no processo de licitação pública além de poderem opinar nos itens presentes nos editais. Segundo Marco Tulio, as empresas alegam que os editais são limitados para que hajam poucas empresas vencedoras. “Queremos defender as empresas de tecnologia do DF. As licitações estão saindo com poucos vencedores, quase um ou dois. Isso quando uma mesma empresa não barganha várias licitações”, explicou.

Nessa linha, o presidente do Sindicato das Empresas de Serviços de Informática do DF (Sindesei), Charles Dickens, explicou que durante o encontro, ficou acordado que o sindicato e a Câmara de Tecnologia da Fecomércio serão avisados de todas as audiências ou licitações futuras. “A intenção foi entender como está ocorrendo o processo de licitação para as empresas. Nós observamos que o Sindicato e a Câmara estavam fora das informações de várias licitações. Nosso foco será obter uma maior participação das empresas em algumas decisões”, disse Charles. O presidente da Associação das Empresas Brasileiras de Tecnologia da Informação (Assespro-DF), Christian Tadeu, também esteve presente na reunião.