Contratação temporária no comércio do DF deve gerar 3,9 mil vagas até o Natal

por acm

contratação de trabalhadores temporários para atuar no comércio brasiliense durante o Natal e o réveillon será um pouco maior este ano do que na comparação com 2016. É o que mostra levantamento realizado pelo Instituto Fecomércio. De acordo com o estudo, 31,8% dos empresários farão contratações. Isso significa que serão abertas 3,9 mil vagas temporárias no DF. No ano passado, na mesma época, o índice foi de 16,3%, quando 3,8 mil vagas foram geradas. O levantamento ouviu 425 lojistas de shopping e de lojas de rua, de 15 segmentos diferentes, entre os dias 7 e 9 de agosto.

O presidente da Fecomércio-DF, Adelmir Santana, aponta que os empresários pretendem realizar as contratações no período entre a primeira quinzena de novembro e a primeira quinzena de dezembro de 2017. Este momento deverá concentrar, aproximadamente, 80% das contratações temporárias. “O trabalhador deve ficar atento às vagas temporárias, pois as pessoas podem encarar a oportunidade não apenas como um trabalho temporário, mas como uma chance de efetivação. O bom desempenho do funcionário aliado à vontade de crescer no ambiente profissional são fundamentais para a entrada no mercado”, ressalta Adelmir. Os principais critérios indicados para seleção foram: disponibilidade de tempo integral (71,9%) e experiência (52,6%), evidenciando um perfil de profissional específico para o varejo, ou seja, que conheça a dinâmica do comércio e procure a atividade como sua principal ocupação.

Entre os segmentos pesquisados, o de lojas de Calçados/ Acessórios foi o que apresentou maior intenção de contratação temporária (36,08%); seguido por Livraria e Papelaria (20,32%); lojas de Brinquedos (19,07%); Floricultura/Cestas (15,71%); Chocolataria (15,50%); Vestuário (11,17%); Artigo para Presente/Armarinho/Souvenir (11,11%); Perfumaria/Cosmético (10,75%); Eletroeletrônicos (7,98%); Relojoaria/Joalheria/Semijoia (6,52%); Material Esportivo (6,46%); Lojas de Departamento (5,62%); Cama, Mesa e Banho (4,26%); Restaurante (2,78%) e Ótica (2,00%).

O comércio do Distrito Federal deverá aumentar o seu quadro de funcionários temporariamente em 8,63%. Os empresários foram questionados também sobre a possibilidade de efetivação de algum temporário, e 75,6% informaram que pretendem efetivar algum temporário. Os segmentos de Cama, Mesa e Banho, Material Esportivo, Ótica, Relógio / Joalheria / Semi Joias, Restaurantes e Vestuário e Acessórios são os segmentos com maior expectativa de efetivação da mão de obra temporária em 2017.

Os segmentos pesquisados foram: Calçados/ Acessórios; Livraria e Papelaria; lojas de Brinquedos;Floricultura/Cestas; chocolataria; vestuário; Artigo para presente/Armarinho/Souvenir; Perfumaria/Cosmético; Eletroeletrônicos; Relojoaria/Joalheria/Semijoia; Material Esportivo; Lojas de Departamento; Cama, Mesa e Banho; Restaurante e Ótica.

Olá! O nosso site usa cookies e, portanto, coleta informações sobre sua visita para melhorar nosso site. Por favor, consulte nossa página de Política de Cookies e Política de Privacidade para mais detalhes ou concorde clicando no botão 'Aceitar'.

Configurações de cookies

A seguir, você pode escolher quais tipos de cookies permitem neste site. Clique no botão "Salvar configurações de cookies" para aplicar sua escolha.

FunctionalNosso site usa cookies funcionais. Esses cookies são necessários para permitir que nosso site funcione.

AnalyticalNosso site usa cookies analíticos para permitir a análise de nosso site e a otimização para o propósito de usabilidade.

Social mediaNosso site coloca cookies de mídia social para mostrar conteúdo de terceiros, como YouTube e Facebook. Esses cookies podem rastrear seus dados pessoais.

AdvertisingNosso site coloca cookies de publicidade para mostrar anúncios de terceiros com base em seus interesses. Esses cookies podem rastrear seus dados pessoais.

OtherNosso site coloca cookies de terceiros de outros serviços de terceiros que não são analíticos, mídia social ou publicidade.