Comércio e serviços têm leve queda em abril

As vendas do comércio brasiliense registraram pequena queda de -0,83% em abril de 2018 na comparação com março. As vendas do setor de serviços também tiveram uma leve queda de -0,63% na mesma comparação. É o que mostra a Pesquisa Conjuntural de Micros e Pequenas Empresas do Distrito Federal, realizada pelo Instituto Fecomércio com o apoio do Sebrae.

Untitled-1 (2)

O presidente da Fecomércio, Adelmir Santana, explica que dentre os 29 segmentos pesquisados, 20 tiveram variação negativa de vendas, ou seja, 68,97% dos segmentos avaliados tiveram redução de faturamento. Consolidando os últimos 12 meses, como período de análise, observa-se um índice acumulado negativo medido em -8,86% (comércio e serviços). “Observamos que o comportamento dos setores, apesar do índice negativo, continua no cenário de estabilidade ao longo dos últimos três meses, o que nos permite fazer uma projeção positiva para o primeiro semestre de 2018”, avalia Adelmir. “No entanto, com o calendário recheado de eventos, eleições e feriados emendados, o setor de varejo poderá enfrentar um segundo semestre de cautela, pelo menor número de dias úteis, o que pode comprometer algumas vendas a partir de junho”, concluiu.

Os segmentos do comércio que registraram crescimento nas vendas em abril de 2018 foram: Padaria e Confeitaria (6,63%); Suprimento de Informática (2,85%); Auto peças e Acessórios (2,54%); Cama, Mesa e Banho (2,15%); Cosméticos e Perfumaria (1,37%); e Farmácia (0,85%). Entre os segmentos que registraram queda nas vendas estão: Livraria e Papelaria (-13,27%); Artigos de Armarinho, Suvenires e Bijuterias (-11,86%); Ótica (-5,98%); Joalheria (-4,25%); Vestuário e Acessórios (-3,93%); Comércio Varejista de Bebidas (-3,19%); Minimercados, Mercearias e Armazéns (-1,70%); Material de Construção (-1,42%); Calçados (-0,82%); Móveis (-0,81%); e Ferragens e Ferramentas (-0,04%).

No setor de serviços, os segmentos que tiveram crescimento nas vendas em abril foram: Vidraçaria (15,33%); Capacitação e Treinamento (3,47%); e Atividade de Contabilidade (0,98%). Os segmentos que apresentaram queda em abril foram: Organização de Feiras, Congressos e Festas (-6,70%); Bares, Restaurantes e Lanchonetes (-4,68%); Pet Shop (-3,95%); Promoção de Vendas (-2,40%); Sonorização, Fotografias e Iluminação (-1,93%); Manutenção e Serviços para TI (-1,25%); Cabeleireiros (-0,63%); Atividades de Condicionamento Físico (-0,61%); e Manutenção de Veículo (-0,06%).

Nas compras dos setores de Comércio e Serviços, o destaque em abril ficou para as vendas à vista com 29,21% de preferência do consumidor e débito com 20,92%, que juntos acumularam um índice de 50,13% de compras à vista, indicando mais um mês de endividamento num cenário ainda de crise, com redução do poder de compras e restrição de créditos.

Inovação no varejo

Os lojistas também foram entrevistados com relação ao tema “Inovação no varejo”, respondendo a questão “Considerando as tendências de inovação do varejo, indique até 3 itens que melhor expressam suas expectativas de inovações para seu estabelecimento no futuro?”. A maioria, 45,2% dos entrevistados, indicou em primeiro lugar, a intenção de inovar com oferta de produtos e serviços personalizados ao cliente, seguido de 34,6% das intenções para a oferta de mix de produtos mais diversos, e 30% das intenções para a promoção de experiência criativa ao consumidor. Tais respostas indicam que os lojistas acreditam numa relação com maior experiência ao consumidor devendo ser motivo e oportunidade de atenção para apoio de consultorias específicas, tanto de tecnologia, quanto de marketing e atendimento ao cliente.

Olá! O nosso site usa cookies e, portanto, coleta informações sobre sua visita para melhorar nosso site. Por favor, consulte nossa página de Política de Cookies e Política de Privacidade para mais detalhes ou concorde clicando no botão 'Aceitar'.

Configurações de cookies

A seguir, você pode escolher quais tipos de cookies permitem neste site. Clique no botão "Salvar configurações de cookies" para aplicar sua escolha.

FunctionalNosso site usa cookies funcionais. Esses cookies são necessários para permitir que nosso site funcione.

AnalyticalNosso site usa cookies analíticos para permitir a análise de nosso site e a otimização para o propósito de usabilidade.

Social mediaNosso site coloca cookies de mídia social para mostrar conteúdo de terceiros, como YouTube e Facebook. Esses cookies podem rastrear seus dados pessoais.

AdvertisingNosso site coloca cookies de publicidade para mostrar anúncios de terceiros com base em seus interesses. Esses cookies podem rastrear seus dados pessoais.

OtherNosso site coloca cookies de terceiros de outros serviços de terceiros que não são analíticos, mídia social ou publicidade.