Comércio do DF aposta no Dia das Mães para crescer 6,31% e recuperar vendas

Os empresários do comércio brasiliense estão confiantes com o Dia das Mães. A expectativa de crescimento nas vendas durante o período é de 6,31% em relação ao mesmo período de 2016. No ano passado, a perspectiva de alta era de 5,44%. É o que mostra a pesquisa do Instituto Fecomércio. O levantamento foi realizado com 400 lojistas de rua e de shoppings do DF, no período de 5 a 7 de abril.

Dia das maes-3

O presidente da Fecomércio, Adelmir Santana, explica que o Dia das Mães é a segunda melhor data para o comércio e por isso os empresários sempre apostam no crescimento das vendas. “Essa é uma data comemorativa em que a maioria dos segmentos se beneficia. O futuro econômico e politico do País ainda está muito incerto, não se pode afirmar sobre a recuperação do comércio, mas os empresários estão acreditando que as vendas deste ano serão maiores do que as de 2016”, apontou Adelmir.

O segmento de Calçados é o mais otimista, espera crescimento de 21,61%, seguido pelo de cama, mesa e banho (19,80%). Sobre as contratações temporárias, a maioria dos entrevistados (75,5%) afirmou que não pretende reforçar o quadro de funcionários para o período, 11,3% vão contratar e 13,3% ainda não decidiram. O segmento de Floricultura é o que mais pretende contratar. Na busca pelos consumidores, 46,8% dos entrevistados declararam que realizarão promoções e descontos como estratégias para melhorar as vendas. Em relação aos estoques, 25,8% dos lojistas ampliaram suas reservas de mercadorias. Quanto ao preço médio do presente para o Dia das Mães, os empreendedores acham que o cliente brasiliense vai desembolsar em torno de R$ 130 nas mercadorias.

Visão do consumidor

A maioria dos brasilienses está disposta a comprar presentes para comemorar o Dia das Mães. É o que mostra pesquisa realizada pelo Instituto Fecomércio. O levantamento ouviu 403 pessoas, sendo 209 mulheres e 194 homens. De acordo com a análise, 50,4% dos entrevistados têm a intenção de comprar algum presente para o Dia das Mães.

Para aqueles que têm a certeza em presentear suas mães, o destaque ficou para o setor de Vestuário e Acessórios, com 21,3%, seguido de Cosméticos e Perfumes com 20,6%, Flores e Cestas com 16,2% e Calçados com 15,8%. Em relação ao preço do presente, o valor médio pretendido para presentear é de R$ 176,78. Já nas formas de pagamento, os consumidores pretendem pagar à vista no dinheiro (57,5%), seguido por débito (22,8%) e pagamento com cartão de crédito (19,6%).

Olá! O nosso site usa cookies e, portanto, coleta informações sobre sua visita para melhorar nosso site. Por favor, consulte nossa página de Política de Cookies e Política de Privacidade para mais detalhes ou concorde clicando no botão 'Aceitar'.

Configurações de cookies

A seguir, você pode escolher quais tipos de cookies permitem neste site. Clique no botão "Salvar configurações de cookies" para aplicar sua escolha.

FunctionalNosso site usa cookies funcionais. Esses cookies são necessários para permitir que nosso site funcione.

AnalyticalNosso site usa cookies analíticos para permitir a análise de nosso site e a otimização para o propósito de usabilidade.

Social mediaNosso site coloca cookies de mídia social para mostrar conteúdo de terceiros, como YouTube e Facebook. Esses cookies podem rastrear seus dados pessoais.

AdvertisingNosso site coloca cookies de publicidade para mostrar anúncios de terceiros com base em seus interesses. Esses cookies podem rastrear seus dados pessoais.

OtherNosso site coloca cookies de terceiros de outros serviços de terceiros que não são analíticos, mídia social ou publicidade.