Comércio brasileiro registra queda em março, afirma IBGE

O comércio varejista brasileiro recuou pela segunda vez seguida. No mês de março a queda foi de 1,9%, na comparação com fevereiro. É o que diz estudo divulgado nesta quinta-feira (11), pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). De acordo com a entidade, foi o pior resultado para o mês em 14 anos, quando a queda foi de 2,5%.

 No primeiro trimestre deste ano, o comércio acumula uma queda de 3%. Nos últimos 12 meses a queda foi de 5,3%. A gerente de Coordenação de Serviços e Comércio do IBGE, destaca que o desemprego influenciou o resultado ruim, já que a desocupação no país é a maior desde 2012, fazendo com que a renda das famílias diminua.

 Na comparação com março de 2016, 17 das 27 unidades da federação apresentaram resultado negativo no volume de vendas, com destaque para Goiás (-17%), Distrito Federal (-10,3%), Roraima (-9,5%), São Paulo e Espírito Santo, ambas com -8,9%.