Boas novas

por acm

Adelmir Santana

Presidente da Fecomércio-DF, entidade que administra o Sesc, o Senac e o Instituto Fecomércio no Distrito Federal.

Uma grande medida foi anunciada pelo Governo do Distrito Federal no dia do aniversário de Brasília e talvez tenha passado despercebida pela população. Em 21 de abril, o GDF lançou o aplicativo e-Visitante e o portal de dados abertos. Essas ferramentas fazem parte de um conjunto de inovações desenvolvidas para facilitar a vida do cidadão. Assim como é necessário apontar os erros do governo, também é importante elogiar quando ele acerta. Investir em mecanismos mais ágeis de comunicação e fiscalização é fundamental para aumentar a eficiência e a transparência da administração pública.

O e-Visitante é um aplicativo de celular voltado para apoiar o turista. Por meio dele o usuário pode locali-zar, por exemplo, qual hospital ou delegacia está mais próximo de onde ele se encontra. O portal de dados abertos é um site com informações de todas as secretarias, empresas públicas e administrações. Ambos já estão em funcionamento. Pro-gramas semelhantes já foram implementados em cidades como Re-cife, Porto Alegre, Londres e Boston. Até o final do ano, o governo ainda pretende lançar o Agente Cidadão, o e-Fiscal e o e-Serviço. Por esses outros aplicativos será possível pedir desde a cobertura de um buraco na rua até a segunda via de uma conta de luz, tudo pelo celular.

O grande diferencial é que todas essas ferramentas permitirão uma gestão mais participativa dos serviços públicos por parte da sociedade. O grande desafio do GDF agora será cumprir o prometido. Se as reivindicações dos cidadãos não forem solucionadas e se os aplicativos não funcionarem, esses programas ser-virão apenas como mais um fórum de reclamações, a exemplo do que já ocorre quando alguém liga para uma ouvidoria e não tem o seu problema solucionado. Deixarei para fazer essa avaliação daqui a alguns meses. Por enquanto, parabenizo e torço para que essa boa ideia seja implementada com sucesso. A conferir.