VENDAS DO COMÉRCIO DO DF TIVERAM LEVE QUEDA EM FEVEREIRO

As vendas do comércio brasiliense registraram leve queda de 1,83% em fevereiro de 2018 na comparação com janeiro. As vendas do setor de serviços também tiveram redução de 3,64%. É o que mostra a Pesquisa Conjuntural de Micro e Pequenas Empresas do Distrito Federal, realizada pelo Instituto Fecomércio, com apoio do Sebrae.

O presidente da Fecomércio-DF, Adelmir Santana, explica que dentre os 29 segmentos pesquisados, 22 tiveram variação negativa de vendas, ou seja, 75,86% dos segmentos avaliados tiveram redução de faturamento. Apesar disso, a expectativa ainda é positiva para o decorrer do ano. “Mesmo com a queda nas vendas, podemos observar que os setores de comércio e serviços estão em uma retomada da estabilidade. Vale ressaltar que a estimativa para os próximos meses aponta para um crescimento, o que deve ser interpretado como movimento de recuperação do setor”, avalia Adelmir.

A maioria dos segmentos do comércio registrou queda nas vendas em janeiro de 2018. Apenas três segmentos tiveram alta: Livraria e Papelaria que, em face da volta às aulas, alcançou 18,56% de crescimento nas vendas; Padaria e Confeitaria (4,07%) e Ferragens e Ferramentas (3,49%).

Entre os segmentos que registraram queda nas vendas estão: Ótica (-14,44%); Suprimento de Informática (-10,56%); Cama, Mesa e Banho (-8,10%); Vestuário e Acessórios (-7,90%); Joalheria (-8,70%); Farmácia (-6,18%); Móveis (-5,09%); Artigos de Armarinho, Suvenires e Bijuterias (-4,34%); Auto peças e acessórios (-2,66%); Cosméticos e Perfumaria (-2,32%); Comércio Varejista de Bebidas (-2,05%); Material de Construção (-1,77%); Minimercados, Mercearias e Armazéns (-0,94%) e Calçados (-0,44%).

No setor de serviços, os segmentos que tiveram crescimento nas vendas em fevereiro foram: Organização de Feiras, Congressos e Festas (4,58%); Atividades de Condicionamento Físico (1,41%); Capacitação e Treinamento (1,03%) e Promoção de Vendas (0,22%). Os segmentos de serviços que apresentaram queda foram: Manutenção de Veículo (-10,96%);  Pet Shop (-8,93%); Vidraçaria (-6,94%); Bares, Restaurantes e Lanchonetes (-6,90%); Manutenção e Serviços para TI (-4,60%); Sonorização, Fotografias e Iluminação (-2,38%); Atividade de Contabilidade (-1,94%); e Cabeleireiros (-0,54%).